O que é um ativo?

O que é um ativo? Ativos são recursos valiosos nos quais empresas e indivíduos investem, na esperança de gerar mais riqueza. No entanto, os ativos pessoais e comerciais podem ser mais do que apenas recursos valiosos que você possui. Você pode gerar mais riqueza administrando seus ativos pessoais corretamente e investindo seu dinheiro com sabedoria, como na arte que valoriza ou no mercado de ações.
Ativos: O que é um Ativo? Confira Definição e Tipos de Ativo

Tópicos do Conteúdo

Neste conteúdo, discutimos o que são os ativos pessoais e comerciais.

Confira Também: Cursos para Empreendedores

O que é um ativo?

Um ativo é um tipo de investimento que uma empresa ou um indivíduo espera fornecer benefícios futuros. Um ativo de negócios é um recurso que uma empresa possui como resultado de uma transação e que planeja usar para gerar fluxo de caixa, melhorar as vendas ou reduzir despesas.

Os bens pessoais, por outro lado, são recursos valiosos que um indivíduo possui e que também geram mais riqueza para essa pessoa. Exemplos de ativos são edifícios, terrenos, equipamentos, móveis, estoque, contas a receber, veículos, investimentos temporários e de longo prazo e caixa.

Qual é a diferença entre uma despesa e um ativo?

A diferença entre uma despesa e um ativo é que o primeiro tem utilidade durante apenas um período de faturamento, enquanto o último tem utilidade por um longo período de tempo. Por exemplo, se uma empresa compra eletricidade, isso é uma despesa, enquanto se ela compra uma máquina de manufatura, isso é um ativo, pois a máquina terá utilidade nos próximos anos e gerará receita.

O que são ativos de negócios?

Existem muitos tipos de ativos de negócios. Alguns são de longo prazo, enquanto outros são de curto prazo. Alguns ativos são bens materiais, enquanto outros são recursos intangíveis. Aqui estão alguns tipos de ativos de negócios:

Ativos correntes

São recursos econômicos de curto prazo, como caixa e equivalentes de caixa, como letras do tesouro e certificados de depósito, bem como títulos e valores mobiliários, estoques, despesas antecipadas e contas a receber. Ativos circulantes são ativos que uma empresa espera converter em dinheiro dentro de um ano.

Ativo permanente

São recursos de longo prazo, às vezes também chamados de ativos tangíveis, pois são recursos materiais que podemos ver e tocar. Ao contrário dos ativos circulantes, uma empresa não pode converter ativos fixos prontamente em dinheiro. Em vez disso, uma empresa normalmente usa ativos fixos para produzir seus bens e entregar serviços. Os ativos fixos podem ser máquinas, uma fábrica, veículos da empresa, edifícios e equipamentos que podem se depreciar com o tempo. Pode-se medir a depreciação de duas maneiras.

Cursos para Empreendedores

NOVIDADE!

Cursos para Empreendedores

Aprenda hoje! Confira uma incrível seleção de Cursos Online para Micro e Pequenos Empreendedores ministrados por profissionais das mais diversas áreas.
São cursos que ajudarão dar um UP nos seus negócios.

O primeiro método é quando um ativo perde seu valor na proporção de sua vida útil, enquanto o segundo método mede a depreciação como uma perda que ocorre mais rapidamente nos primeiros anos de uso.

Ativos financeiros

Ativos financeiros incluem investimentos como ações, títulos soberanos e corporativos e ações preferenciais.

Intangíveis

São recursos que não são materiais ou físicos, ou seja, não são tangíveis. No entanto, um recurso não precisa ser tangível para ser um ativo. Recursos intangíveis como uma licença ou patente também podem ser ativos.

Como você insere ativos de negócios em um balanço patrimonial?

  • A fórmula : Os ativos fazem parte da equação contábil do balanço de uma empresa, que tem o seguinte formato:

Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido . Uma empresa registra diferentes tipos de ativos de maneiras diferentes.

Ativos em depreciação

Um ativo como uma máquina ou edifício, por exemplo, pode perder seu valor com o tempo, caso em que seu custo registrado se deprecia gradualmente ao longo de sua vida útil.

Ativos de valor total

Em outros casos, uma empresa registra um ativo em seu valor total até que expire. Um exemplo desse tipo de ativo é uma despesa pré-paga, como quando uma empresa paga um prêmio de seis meses adiantado pela cobertura de seguro dos veículos de uma empresa.

Um ativo que tem utilidade por um longo período de tempo normalmente se deprecia, enquanto uma empresa normalmente registra um ativo de prazo mais curto em seu valor total e, em seguida, cobra-o como despesa quando expira.

Ativos não transacionais

No entanto, nem todos os ativos valiosos de uma empresa entram no balanço patrimonial, pois às vezes uma empresa pode ter ativos que não adquiriu por meio de uma transação. Esses ativos podem incluir um nome comercial respeitado ou uma patente valiosa que uma empresa não adquiriu por meio da compra, mas desenvolveu “internamente”.

Isso não significa que uma empresa adquire todos os recursos “intangíveis” de valor sem entrar em uma transação. Por exemplo, um motorista de táxi precisa comprar uma licença de táxi e uma empresa pode adquirir uma lista de clientes como parte de um negócio. Por outro lado, uma lista de clientes gerada internamente é um ativo intangível que uma empresa não adquiriu e, portanto, não fará parte do balanço patrimonial.

O que são bens pessoais?

Enquanto as empresas possuem ativos de negócios, os indivíduos possuem ativos pessoais. Esses são itens de valor pelos quais um indivíduo mede sua riqueza. Para calcular seu patrimônio líquido pessoal, você subtrai tudo o que deve (seus passivos) de tudo o que possui (seus ativos pessoais). Além disso, se seus ativos pessoais forem mais do que seus passivos, você tem um patrimônio líquido positivo.

Bens pessoais, como bens de negócios, também podem ser tangíveis ou intangíveis e podem incorporar todos os tipos de recursos de valor.

Os ativos tangíveis podem incluir o seguinte:

  • Dinheiro
  • Imóveis e casas
  • Carros, barcos, aviões, bicicletas e motos
  • Joia
  • Móveis e antiguidades
  • Coleções de arte, esculturas e outros ornamentos decorativos
  • Computadores, laptops e impressoras

Exemplos de ativos intangíveis podem ser:

  • Investimentos, como ações e títulos, planos de aposentadoria e seguros de vida

Quer sejam comerciais ou pessoais, os ativos são recursos valiosos para você ou sua empresa.

Confira mais dicas de: Empreendedorismo e Marketing
Veja também outros portais da CuboUP: Cursos para Empreendedores e Ferramenta de SEO

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Novidade!

Curso para Empreendedores

Comece hoje! Confira uma incrível seleção de Cursos Online para Empreendedores ministrados por profissionais das mais diversas áreas. São cursos que ajudarão dar um UP nos seus negócios.