Confira 6 Dicas para o Trabalho em Equipe Eficaz

Dicas para o Trabalho em Equipe: O trabalho em equipe eficaz pode aumentar a produtividade, produzir melhores resultados e tornar o trabalho mais agradável. Independentemente do seu papel em uma equipe, você terá um impacto direto em sua eficiência.
Dicas para o Trabalho em Equipe

Tópicos do Conteúdo

Trabalho em equipe eficaz é uma habilidade valiosa, mas requer prática e desenvolvimento. Essas dicas ajudarão você a trabalhar com uma equipe para ter sucesso em seu próximo projeto de grupo.

1 . Crie um ambiente de trabalho produtivo

Cada projeto baseado em equipe prosperará em um ambiente de trabalho diferente, dependendo dos membros, das metas e dos resultados da equipe. Comece seu projeto adaptando o espaço físico que você ocupa para atender às suas necessidades.

Ao criar esse espaço, pense nas ferramentas necessárias, no acesso a colaboradores ou partes interessadas fora da sua equipe e no tempo que você precisará para ocupar o espaço.

Exemplo: se você estiver trabalhando em uma tarefa criativa que precise de informações de todos os membros, encontre uma sala que permita à sua equipe maximizar a comunicação sem afetar o restante do local de trabalho.

Verifique se seus colegas de trabalho têm todas as ferramentas necessárias para iniciar o projeto. Se o brainstorming para um componente chave do projeto, verifique se você tem um quadro branco físico ou digital disponível.

Para um projeto em que os membros da equipe se reúnem ocasionalmente para revisar o trabalho individual, uma breve participação em uma área comum pode ser mais adequada.

2 . Identifique um objetivo claro

O trabalho em equipe eficaz precisa de um objetivo definido. Você pode criar um objetivo claro, formando uma declaração de missão, um indicador chave de desempenho (KPI) ou uma entrega. Uma meta unificada permite que o trabalho permaneça focado e ajuda na priorização dos recursos da sua equipe.

Esclarecer por que você está realizando o projeto é tão importante quanto desenvolver a entrega, a meta ou a missão. Isso ajuda sua equipe a entender suas funções e o objetivo do projeto, o que pode apoiar a motivação a longo prazo.

Cursos para Empreendedores

NOVIDADE!

Cursos para Empreendedores

Aprenda hoje! Confira uma incrível seleção de Cursos Online para Micro e Pequenos Empreendedores ministrados por profissionais das mais diversas áreas.
São cursos que ajudarão dar um UP nos seus negócios.

Exemplo: Depois de configurar seu ambiente de trabalho, inicie seu processo definindo seu objetivo e metas como uma equipe. Uma ótima maneira de abordar isso é fazer um brainstorm de uma declaração de missão e escrevê-la ao lado da entrega da sua equipe. Torne visível a declaração de missão e o objetivo, para que sua equipe os tenha em mente enquanto trabalham no projeto.

3 . Comunique-se abertamente

A comunicação aberta, honesta e respeitosa é vital para o trabalho em equipe eficaz. Os membros da equipe precisam se sentir à vontade para expressar suas ideias e opiniões, para que cada indivíduo contribua com todo o seu potencial.

Uma comunicação clara leva a mais confiança entre os membros da equipe e rompe barreiras que podem retardar o trabalho de uma equipe.

Para estabelecer uma base para uma comunicação forte, estabeleça expectativas e melhores práticas. Isso inclui quando e como você deve usar diferentes métodos de comunicação, como e-mails, mensagens on-line, telefonemas e reuniões pessoais.

Exemplo: Se você tem um projeto em andamento, programe reuniões breves para revisar o progresso. Dê a cada membro da equipe tempo igual para retransmitir suas vitórias e derrotas. Reserve um tempo para o grupo ajudar a resolver problemas que um indivíduo está enfrentando ou fornecer feedback construtivo.

Você pode explicar que usará bate-papos para discutir o trabalho diário e um e-mail semanal para comunicar aprendizados, atualizações e marcos importantes.

4 . Reconheça os membros da sua equipe

O reconhecimento pode ajudar os colegas a lembrar a importância de seu papel no projeto e aumentar o moral. Os líderes de equipe e os colaboradores individuais devem dar um feedback positivo, observando um trabalho excepcional ou elogiando uma ideia valiosa.

Reconhecer seus colegas de trabalho enquanto você trabalha em direção a um objetivo comum pode ajudar a motivar toda a equipe.

Exemplo: durante as reuniões agendadas, planeje um tempo para reconhecer os sucessos dos membros da equipe. Baseie essas afirmações em marcos para que os membros da equipe entendam o que alcançaram e outros membros saibam que trabalho devem modelar no futuro. Os benchmarks podem ser pequenos – você não precisa limitar o reconhecimento às principais realizações.

Veja Mais: Como Tornar Clientes em Fãs

5 . Seja criativo

É importante exercitar sua criatividade e apoiar a criatividade de outras pessoas durante projetos em equipe. Isso inclui assumir e apoiar riscos. A resolução criativa de problemas e a experimentação são conceitos vitais para se envolver como um grupo. Fazer isso pode utilizar as perspectivas exclusivas de todos para criar processos e soluções mais completos.

Exemplo: reserve um tempo para as sessões de brainstorming. O brainstorming em grupo permite várias soluções para um problema. Considere todas as sugestões que um membro faz, independentemente de quão pouco convencionais elas pareçam. Quanto mais ideias seu grupo explorar, maior a probabilidade de encontrar uma solução.

6 . Encontre-se fora do local de trabalho

Embora você possa ter adaptado seu ambiente de trabalho para atender a todas as necessidades de sua equipe, às vezes os membros da equipe se sentem mais à vontade em um ambiente fora do trabalho.

Reuniões fora do local de trabalho também permitem que os colegas de trabalho construam relações que podem aumentar a criatividade. Tirar um tempo do escritório também pode levar a equipe a se aproximar mais como uma unidade. Isso o ajudará a trabalhar juntos em direção a um objetivo comum.

Exemplo: almoce em grupo ou encontre-se em uma cafeteria. Você pode começar a reunião com alguns breves exercícios de formação de equipe para ajudar todos a ficarem mais confortáveis ​​e abertos à discussão. Dependendo da duração do seu projeto, convém agendar um evento recorrente, como um almoço em equipe a cada duas semanas para discutir novas ideias e dar reconhecimento a cada membro da equipe.

Use um gerenciamento de desempenho no ambiente de trabalho

Dicas para o Trabalho em Equipe
Dicas para o Trabalho em Equipe

Gerenciamento de desempenho permite que gerentes e supervisores avaliem se os funcionários estão ou não cumprindo seus objetivos de trabalho.

Também ajuda a identificar áreas de excesso, desperdício e baixos níveis de eficiência. Além disso, os responsáveis ​​pelos programas de gerenciamento de desempenho podem usar os resultados para alinhar as habilidades e competências dos trabalhadores com as metas organizacionais.

O que é gerenciamento de desempenho?

Gerenciamento de desempenho é o ato de avaliar e fornecer consistentemente feedback a funcionários individuais, relacionados às suas funções e responsabilidades.

Um sistema de gerenciamento de desempenho ajuda os gerentes a comunicar as expectativas dos funcionários para garantir que todos entendam o que significa ser bem-sucedido em sua posição. Embora seja crucial fornecer sugestões de melhoria, é igualmente importante fornecer feedback positivo, tanto para o moral quanto para o aprendizado.

Quais os benefícios do gerenciamento de desempenho?

Um sistema de gerenciamento de desempenho que permanece consistente em todos os departamentos suporta a responsabilidade contínua. Em vez de incentivar os funcionários a atingir os objetivos organizacionais apenas no momento da revisão, o gerenciamento consistente do desempenho promove uma chamada contínua para o progresso.

Quando cuidadosamente implementado, um sistema de gerenciamento de desempenho leva a melhorias nas taxas de desempenho e produtividade. Além disso, você notará melhorias na comunicação, redução do estresse em relação ao desempenho insuficiente e equipes mais felizes. Se as pessoas entenderem claramente o que se espera deles crescer em seu trabalho, poderão tomar as medidas necessárias para alcançar seus próprios objetivos de carreira.

Com um bom sistema de gerenciamento de desempenho, sua organização pode reduzir as taxas de rotatividade de funcionários, melhorar a produção e aumentar potencialmente as margens de lucro.

Como criar um sistema de gerenciamento de desempenho?

Embora as revisões anuais de desempenho possam certamente ser benéficas, não deve ser a primeira vez que os indivíduos ouvem sobre feedback positivo ou crítico.

Em vez disso, considere a criação de um sistema de gerenciamento de desempenho que funcione como um ciclo no qual você fornece micro feedback e apreciação ao longo do ano. Para criar esse ciclo, você deve ter as entradas corretas, incluindo o seguinte:

  1. Defina as expectativas para cada posição claramente. Cada função deve ter sua própria descrição de cargo que descreve as responsabilidades esperadas, incluindo uma cadeia de comando de gerenciamento. Idealmente, cada pessoa receberá seu próprio papel e responsabilidade junto com o do próximo nível, para que eles saibam o que é necessário para obter uma promoção. Defina o que significa falhar, ter sucesso e exceder as expectativas em cada função.
  2. Treine gerentes para gerenciamento de desempenho. Os gerentes devem poder implementar o sistema de gerenciamento de desempenho em suas próprias equipes individuais. Isso significa que eles devem ser responsáveis ​​por fornecer feedback positivo e crítico consistente, para que suas equipes saibam como crescer em seu papel.
  3. Forneça recursos para o crescimento. Sua orientação e treinamento para novos contratados devem preparar os indivíduos para o sucesso e, o mais importante, o ambiente de trabalho deve facilitar resultados favoráveis, em vez de trabalhar contra eles. Se recebem feedback crítico, por exemplo, também devem receber recursos para desenvolver suas áreas para melhoria.

Um sistema eficaz de gerenciamento de desempenho fará o seguinte:

  • Esclarecer os deveres e expectativas do trabalho.
  • Aumente os níveis de produtividade individual e de grupo.
  • Fortaleça as capacidades dos trabalhadores em todo o seu potencial por meio de feedback e treinamento fortes.
  • Impulsione comportamentos alinhados aos objetivos, valores e missão da organização.
  • Melhore a comunicação em todos os níveis.
  • Forneça uma base sólida para tomar decisões operacionais de capital humano.

Gerenciando seu sistema de feedback de desempenho

Embora a configuração de um bom ciclo de gerenciamento de desempenho seja a primeira etapa do processo, também exige manutenção e supervisão consistentes.

Confira etapas que você pode seguir para manter um sistema forte:

1 . Plano

A avaliação adequada do desempenho dos funcionários começa com a explicação do que se espera deles. Durante a orientação e o treinamento de novos contratados, reserve um período para explicar em detalhes o que cada tarefa exige. Explique também os diferentes níveis de satisfação com os quais o trabalhador pode concluir cada tarefa. Uma diretriz fornece ao funcionário uma ideia clara de como exceder suas expectativas.

Por exemplo, você contratou um novo contador. Uma das principais responsabilidades é enviar faturas vencidas aos clientes no primeiro dia de cada mês. Esse dever de trabalho tem três níveis de satisfação nos quais o trabalhador pode executá-lo:

  • Insatisfatório: falha ao enviar faturas atrasadas aos clientes no primeiro dia de cada mês.
  • Satisfatório: envia faturas atrasadas aos clientes no primeiro dia de cada mês e atualiza o software de contabilidade para refletir o envio dessas notificações.
  • Distinto: envia faturas atrasadas aos clientes no primeiro dia de cada mês, atualiza o software de contabilidade para refletir o envio das notificações e faz uma nova lista de clientes que estão atrasadas nas faturas e envia essa lista ao supervisor do departamento de contabilidade.

Com claras expectativas, torna-se muito mais fácil para os trabalhadores serem bem-sucedidos em suas funções.

A princípio, pode parecer que a fase de planejamento ocorra apenas quando um novo funcionário passa por um treinamento. Como o sistema de gerenciamento de desempenho deve ser um ciclo, o estágio de planejamento deve ocorrer regularmente com cada funcionário. É durante o estágio de planejamento que você pode discutir os pontos fortes e fracos do funcionário e, possivelmente, adicionar responsabilidades de trabalho com base nesses pontos fortes. Sempre que você adicionar uma responsabilidade no trabalho, forneça uma ideia clara de como exceder suas expectativas para essa função específica. 

Também é durante a fase de planejamento que você explicará aos funcionários como suas funções contribuem para a consecução dos objetivos organizacionais. O estágio de planejamento também é um ótimo momento para mostrar apreço. Você pode discutir as melhorias que notou no funcionário e como essas melhorias beneficiaram a empresa como um todo.

2 . Atitude

O gerenciamento eficaz de desempenho é muito mais do que avaliar o sucesso de um projeto, uma vez concluído. Trata-se de se envolver ativamente em tarefas e projetos cotidianos para orientar os funcionários sobre as várias maneiras pelas quais eles podem se tornar mais eficientes e produtivos em suas funções.

Seu nível de envolvimento pode variar dependendo do seu estilo de gerenciamento, o que certamente é aceitável.

Estar envolvido com as tarefas diárias da sua equipe em algum nível oferece a oportunidade de compartilhar um feedback positivo sobre o trabalho da sua equipe. Além disso, torna-se o momento perfeito para incentivar maiores progressos torcendo por sua equipe. Alguns outros benefícios do reconhecimento de funcionários incluem:

  • Aumenta a confiança
  • Solidifica suas expectativas
  • Cria confiança
  • Estabelece relacionamentos saudáveis

3 . Monitore

As organizações geralmente têm dificuldade em decidir como monitorar e medir o desempenho dos funcionários. Algumas tarefas são mensuráveis ​​de acordo com indicadores objetivos de desempenho, como volume de vendas, níveis de produção do produto ou lucratividade.

É importante observar, no entanto, que indicadores objetivos podem levar a possíveis problemas. Primeiro, há uma boa chance de que nem todos os funcionários cumpram as mesmas tarefas, o que significa que você não pode comparar cada um deles. Além disso, nem todos os funcionários podem ter acesso aos mesmos recursos para desempenhar suas funções.

Digamos que Maria e Joaquim recebam uma cota mínima de produção de 100 por semana. Maria, no entanto, está trabalhando em uma parte da planta com modernos equipamentos de produção. Joaquim está trabalhando em uma parte da fábrica com equipamentos mais antigos que não produzem um volume tão alto de produto em tão pouco tempo quanto o que Maria pode produzi-lo.

Se Maria atingir a cota mínima na quarta-feira de cada semana e Joaquim atingir a sexta-feira, isso não significa necessariamente que Maria esteja com um desempenho melhor do que Henry. 

Problemas de intensidade de recursos são outra questão entre o monitoramento do desempenho com base em indicadores objetivos. A coleta de dados significativos requer métricas extensas, que podem se traduzir em grandes implicações de recursos, especialmente quanto maior o número de métricas usadas para coletar as informações.

As dificuldades inerentes ao uso de indicadores objetivos para medir o desempenho resultaram em muitas empresas adotando um caminho alternativo. Essa rota consiste em avaliar os funcionários com base em suas realizações mais meritórias. Também envolve avaliar essas realizações para determinar como eles beneficiaram a empresa como um todo.

Com esse tipo de medição, você não enfrenta as limitações frequentemente encontradas ao usar indicadores objetivos para avaliar o desempenho. Essa rota de medição também leva em consideração outras áreas de desempenho não mensuráveis ​​por indicadores objetivos, como liderança de equipe.

4 . Recompensa

Ao revisar as realizações de cada indivíduo, você pode recompensá-las com um presente de agradecimento. É pertinente criar um sistema de recompensa que se aplique a toda a organização para promover a justiça.

Você pode implementar esse sistema de recompensa com base em um sistema de classificação numérica usado para classificar seus funcionários com base em indicadores objetivos ou realizações meritórias.

Uma escala de classificação de sete pontos geralmente é suficiente para diferenciar efetivamente os níveis de desempenho dos funcionários. Cair na balança como um ou dois ponteiros qualificará o funcionário como um artista de baixo. Três, quatro e cinco ponteiros se qualificam como artistas de médio porte. Seis e sete indicadores se qualificam como os melhores. Idealmente, você terá uma escala de pontos diferente para quatro níveis diferentes de trabalhadores – nova contratação (primeiros seis meses), nível de entrada, gerenciamento de primeiro nível e gerenciamento de segundo nível.

Você avaliará os funcionários com base em cada função. Abaixo está um sistema de classificação de amostra:

7 – Executa consistentemente de acordo com um padrão de ‘modelo’.

6 – Quase sempre executa de acordo com um padrão de ‘modelo’.

5 – Executa no padrão ‘modelo’ cerca de 50% das vezes e no nível ‘atende às expectativas’ cerca de 50% das vezes.

4 – Executa de forma consistente no nível ‘atende às expectativas’.

3 – Executa no nível ‘atende às expectativas’ cerca de 50% das vezes e no nível ‘abaixo das expectativas’ cerca de 50% das vezes.

2 – Quase sempre atua no nível ‘abaixo das expectativas’.

1 – Desempenho consistente no nível ‘abaixo das expectativas’.

Usando o sistema de classificação acima, digamos que Miguel tenha cinco funções de cargo pelas quais ele é responsável e receba as seguintes classificações. 

  • Gerenciar projetos: 6.
  • Reporte ao supervisor: 7.
  • Carregar dados para o Excel: 6.
  • Crie relatórios: 5.
  • Comunicar as descobertas do relatório com os clientes: 6.

Para determinar sua pontuação geral de desempenho, adicionaremos seu número total de pontos e dividiremos pelo número de tarefas do trabalho – 30/5 = 6. Durante sua análise de desempenho, você compartilharia com Marcos que ele recebeu uma pontuação geral de desempenho de seis.

5 . Reveja

O estágio de revisão do ciclo de gerenciamento de desempenho consiste em sentar-se com o funcionário e revisar o que aconteceu durante a última avaliação.

Você pode elogiar o funcionário por suas melhores classificações e fornecer um feedback encorajador sobre como melhorar as classificações mais baixas. Usando o sistema de recompensa que você criou, você também pode distribuir recompensas durante esse tempo usando seu sistema de classificação.

Um sistema de gerenciamento de desempenho cuidadosamente criado é essencial para ajudar seus funcionários a melhorarem suas posições.

Também permite identificar onde oferecer promoções e recompensas. Além disso, um sistema de gerenciamento de desempenho que opera como um ciclo contínuo manterá seus supervisores e gerentes envolvidos ativamente em todos os processos operacionais durante todo o ano. Isso é essencial para minimizar o desperdício e melhorar a eficiência operacional.

Leia também: Funcionários Motivados: 25 Dicas para Manter Motivação da Equipe

Esperamos tenha aproveitado este conteúdo da CuboUP, nosso objetivo é oferecer informações práticas para você dar um UP em suas vendas.

Desejamos sucesso com seu projeto!

Você pode gostar: Como Obter Feedback dos Clientes: 15 Estratégias para Conseguir Feedback

Confira mais dicas de: Empreendedorismo e Marketing
Veja também outros portais da CuboUP: Cursos para Empreendedores e Ferramenta de SEO

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Novidade!

Curso para Empreendedores

Comece hoje! Confira uma incrível seleção de Cursos Online para Empreendedores ministrados por profissionais das mais diversas áreas. São cursos que ajudarão dar um UP nos seus negócios.